domingo, 7 de abril de 2013

ADMINISTRADORA DE EMPRESAS GARIMPA RECICLÁVEIS PARA PRODUZIR PRESENTES ORIGINAIS AOS AMIGOS E FAMILIARES

Por Célia Ribeiro

Uma caixinha de madeira desbotada ganha nova vida com pátina de pétalas de rosa ou primavera. Metade de uma folha de papel sulfite é suficiente para se transformar num lindo marca-páginas de origami em formato de coração. E as sobras de jornal e revistas são a base para porta-copos e suportes de travessas. Esses são alguns dos trabalhos manuais que a administradora de empresas Renata da Silva Lima costuma fazer para presentear amigos e familiares com muita criatividade, gastando quase nada.

Porta-travessas e porta-copos de jornal
 Com um filho de 13 anos, Renata herdou da mãe o gosto pelo artesanato. Consciente, sempre se preocupou com o desperdício e há mais de 10 anos  trabalha peças diferenciadas utilizando materiais recicláveis. Ao contrário da maioria dos artesãos, ao invés de vender seus trabalhos para ampliar a renda familiar, ela prefere presentear pessoas próximas.

“A questão da sustentabilidade, de que tanto se fala hoje em dia, sempre foi uma preocupação minha. É triste ver como jogam no lixo tantos materiais que poderiam ser reaproveitados. Tem gente que gasta muito dinheiro em presentes, em objetos para casa, sendo que com um pouco de criatividade dá para fazer muito”, observou.

Renata explicou que faz pesquisas na internet, onde existem milhares de blogs e sites de artesanato com recicláveis. Eles são a inspiração para seus trabalhos: “Infelizmente, as pessoas não separam o lixo e se o fazem não separam corretamente, deixando restos de alimentos e bebidas, por exemplo”.

Detalhe do descanso de taça
Para a administradora, falta conscientização e educação à população. “Uma caixinha de leite, que podemos usar de tantas formas, vai para o lixo com restos de leite; as embalagens de pizza e de esfirras do Habib’s são descartadas com sobras de comida quando poderiam ser usadas para fazer quadros diferentes e decorar as paredes”.
Renata e os porta-copos coloridos:
Jornal, cola, tinta e verniz
Não apenas o lixo reciclável serve de inspiração para Renata: recentemente, ela recebeu algumas sementes de açaí de uma cunhada e tratou logo de confeccionar bijuterias. As amigas e as mulheres da família adoraram a novidade!

Finalizando, Renata assinalou que o poder público municipal deveria investir na coleta seletiva de lixo e na divulgação de campanhas para orientação da população sobre os itens que podem ser reciclados, destacando que centenas de famílias de catadores vivem desses materiais que as pessoas nem sempre descartam corretamente.

TIPOS DE RECICLÁVEIS

Há uma infinidade de materiais que vão para o lixo e poderiam ser reaproveitados. No caso dos papeis, podem ser reciclados: cadernos, materiais de escritório, jornais, revistas, pacotes de embalagem, cartão, papelão, cartolina e papel de desenho. Já os papeis celofane, carbono, fotografias ou papeis sujos e engordurados não podem ser reciclados.


Recicláveis são fonte de renda para catadores
Quanto aos plásticos, a maioria das embalagens pode ser reaproveitada: frascos de xampu, refrigerante, tampas plásticas, escovas de dente, baldes, artigos de cozinha e isopor. Por sua, os saquinhos de alumínio de salgadinhos não são reaproveitados. Da mesma forma, pode-se reciclar vidros de garrafa, potes de alimentos etc. Já os espelhos, vidros temperados, lâmpadas, ampolas de medicamentos e cristal não entram nesta relação de reaproveitamento. (Fonte: www.sindiconet.com.br)

 As embalagens de metal, como latinhas de conserva, devem ser descartadas corretamente no lixo reciclável. Apenas, deve-se ter o cuidado de enxaguar bem as embalagens para retirar resíduos de alimentos. Informações sobre coleta seletiva e recicláveis também podem ser obtidas no site do Ministério do Meio Ambiente: http://www.mma.gov.br/

* Reportagem publicada na edição de 07.04.2013 do Correio Mariliense

6 comentários:

  1. Parabenizo a reportagem!
    Primeiro pela preservação do nosso planeta e no segundo momento pela repórter (que bela reportagem) e por último, mas especialmente, pela Renata uma excelente administradora (minha filhota) que sabe conquistar seu espaço e viver ecologicamente correta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita Elaine, muito obrigada pelas palavras...Sim a Célia sabe muito bem falar do que mais nos preocupa e muito ainda não se conscientizaram vamos mudar isso.

      Excluir
    2. Obrigada, Elaine! Apareça sempre! Um abraço

      Excluir
  2. Parabéns pela reportagem Celinha e pela linda atitude de sustentabilidade Rê...
    ah se todos pensassem assim... :)
    Um dia chegaremos lá ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ya... obrigada pelo carinho... não tinha visto seu comentário aqui... simplesmente adorei.

      Excluir
    2. Yasmin, muito obrigada pelo comentário. Devemos sempre incentivar as boas práticas sustentáveis. Um abraço

      Excluir