segunda-feira, 13 de setembro de 2010

DIA MUNDIAL SEM CARRO: CRIATIVIDADE COMO ALTERNATIVA À MOBILIDADE URBANA

Por Célia Ribeiro

Empresa Circular doou anúncios nos ônibus
O movimento iniciado no fim do século passado, em algumas cidades da Europa, ganha força a cada ano em Marília e tentará mostrar à população, no dia 22 de setembro, que existem alternativas ao uso maciço de automóveis na locomoção urbana. É a versão local do “Dia Mundial Sem Carro”, organizada pelo Programa “Viva Feliz Sem Acidentes”, da Emdurb, com o apoio de várias entidades e empresas.

Para o coordenador da iniciativa, Nelson Feitosa, será uma oportunidade para se exercitar a criatividade na escolha do meio de transporte: “Sabemos de famílias que têm três carros e que, no dia 22, irão ao trabalho de bicicleta ou de carona”, contou. Para ele, mais que as atividades programadas, o evento servirá para reflexão sobre os efeitos do uso de automóveis no dia-a-dia.
Mário César, Secretário do Meio Ambiente: apoio no bosque

Em todo o País, inúmeras atividades estão previstas. Os ambientalistas, que defendem o uso de bicicletas e o transporte coletivo, aproveitam a data para falar do impacto que a emissão de gases poluentes provoca no ar que respiramos. Os defensores da boa forma enumeram os benefícios da caminhada e do uso de bicicletas e, assim, a sociedade vai repensando a maneira como pode contribuir para a redução do uso de combustíveis fósseis e a preservação do meio ambiente.

Em todo o País são 35 milhões de automóveis. Marília já conta com uma frota de 110 mil veículos de passeio e 30 mil motocicletas, segundo Nelson Feitosa: “No dia 22 de setembro, lançamos o desafio à população para deixar os carros em casa. Vale a carona solidária, o uso de bicicleta, a caminhada e o transporte coletivo urbano. O importante será participar de alguma forma”.

Parcerias
João Ávila, diretor de tráfego da Circular

Incansável quando o assunto é trânsito e a prevenção de acidentes, o coordenador da Emdurb segue buscando apoios à causa. Esta semana, em reunião na Empresa Circular de Marília, conheceu as estratégias da empresa para a data. Além de apoio na divulgação, com a publicação de anúncios em jornais locais e nos ônibus adesivados (busdoor), a Circular está preparada para colaborar com a data disponibilizando ônibus extras caso haja demanda.

Para o diretor de Tráfego da Empresa Circular, João Ávila, “a empresa, que já apoia as causas sociais e ambientais, não poderia ficar de fora. Vamos colaborar com o que estiver ao nosso alcance para o sucesso do evento”.

Nelson Feitosa informou que, além da Circular, estão engajados na campanha a Casa Sol, Associação Comercial e Industrial de Marília, Santa Casa, Prefeitura Municipal, Emdurb, Secretarias Municipais (Educação, Saúde, Meio Ambiente), IPREM, indústrias (Dori Alimentos, Bel Chocolates, Spaipa, Nestlé Brasil), Sebrae, SESI, Senai, Senac, Sest/Senat, Faculdade de Medicina de Marília, Legião Mirim, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Cerest, entre outros.

Programação

Os parceiros informarão à Emdurb o número de carros e motos que deixaram de ser utilizados, quantos colaboradores foram ao trabalho a pé, de bicicleta ou de carona para a finalização do censo do dia 22 de setembro. Além disso, haverá passeio ciclístico e caminhadas nas primeiras horas da manhã. Ao longo do dia, várias atividades estão previstas para acontecer no Bosque Municipal onde podem participar não apenas os estudantes, que trabalharão a questão ambiental em sala de aula, mas a população em geral.

Reportagem publicada na edição de 12;09.2010 do Correio Mariliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário